Greenpoint Stadium, Espanha 1 x 0 Portugal

A tradicional foto nos estádios...

Com Mário da Silva, o dono do ingresso...

Não estava nos meus planos ver esse jogão. Aconteceu.

Vim para Cape Town passear, afinal, vir à África do Sul e não passar por Cape Town seria imperdoável.

Além disso, agendei essa viagem em função da tabela. Se o Brasil tivesse ficado em segundo no grupo, estaria jogando contra a Espanha no lugar de Portugal. Já que não dava para prever se a Seleção ficaria em primeiro ou segundo no grupo, planejei ficar dia 28 em Joburg e vir para Cape Town dia 29, assim eu garantiria hotel, etc.

Cheguei aqui em Cape Town lá pelas 17hs e nem passava pela minha cabeça assistir à Espanha x Portugal.

Peguei um engarrafamento monstro para chegar no hotel e logo notei que hotel e estádio eram vizinhos. Aí a tentação veio forte e, ainda no engarrafamento, decidi que ia pelo menos tentar entrar, por que não?

Fiz o checkin às 19:20hs. Entrei no quarto, joguei as coisas no chão e saí em disparada para o estádio.

Uma caminhada breve me colocou na frente do Greepoint, um lindo estádio, sem dúvida. Sem ingresso, fui à caça. Minha tática é simples: não tenho tática. Incrível como na minha vida as coisas acontecem de forma natural, sem precisar forçar a barra. Eu queria um ingresso e ele veio da seguinte forma: um português chamado Mário me ofereceu o ingresso por que tinha dois, o dele e o que ele queria vender. Nem discuti o preço, que foi justo, gostei dele, e se ele ia junto comigo, era a garantia que o ingresso era verdadeiro. O dinheiro, ele disse, “você me dá lá dentro”.

Fomos conversando até lá dentro, gente muito boa, uma amizade nova. Já tenho a quem visitar em Luxemburgo, onde ele mora e trabalha na União Européia. O Mário está aí na foto logo acima e tb aparece cantando o hino português no filme, abaixo.

Lá dentro me postei ao lado do Mário bem no meio de uma autêntica torcida organizada de Portugal.

Torcida portuguesa, com certeza...

O jogo começou a mil por hora, achei que a Espanha marcaria logo no início do jogo. Mas o goleiro Eduardo (um detalhe aqui, ele é primo do meu amigo português, Mário! eita mundo pequeno!) foi um paredão. Pegou tudo naquela pressão inicial espanhola. Aos poucos Portugal foi se estruturando e chegou a dominar uma pequena parte do primeiro tempo, levando perigo ao gol espanhol. Mas a Espanha logo tomou conta do jogo de novo, só que sem a mesma agressividade do início do jogo.

No segundo tempo o meio-campo espetacular da Espanha, com Xavi, Iniesta e cia, não deu chances para Portugal respirar. Literalmente colocaram na roda o time português, impressionante como a fúria não erra. Ninguém é “grosso” naquele time, é muita categoria! A troca de passes envolvente me impressionou muito pois a única certeza que se tem é que o bote virá… e veio. Villa, 1 x 0. O goleiro até defendeu o chute mas no rebote, Villa marcou.

Festa espanhola. Pega o Paraguai nas quartas-de-final. Será surpresa se não ganhar. Chega de Zebra, quero ver a Espanha contra a Alemanha ou Argentina, semifinal de arrepiar!

Amanhã vou passear de verdade. Depois conto como foi.

Anúncios

3 Responses to Greenpoint Stadium, Espanha 1 x 0 Portugal

  1. Marcelo Fellows disse:

    É um timaço mesmo, pelo bem do futebol espero que ou Espanha ou Argentina ou Alemanha estejam na final.
    Contra o Brasil!

  2. Raul Portugal disse:

    hahahahahaahah!!!
    tá na cara que o sujeito era lusitano, o bigodinho não nega a origem…

    • Mario disse:

      É Lusitano e dos bons meu caro….
      Se é amigo do meu amigo Fabiano, será sempre bem recebido aqui por estes lados…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: